Desenho de uma das figuras representadas nas placas que revestem a arcaO estudo histórico contemplou a investigação documental em bibliotecas e arquivos, nacionais e estrangeiros, além da comparação artística e estilística com conjuntos e peças coevas do Túmulo de D. Afonso.

Este eixo contemplou por um lado o enquadramento histórico do objecto tumular e a investigação documental e comparação com peças semelhante ao túmulo.
O início dos trabalhos compreendeu a determinação do estado de arte do conjunto tumular, tendo-se estabelecido a pesquisa das mais antigas referências historiográficas do Túmulo do D. Afonso de Portugal. Num segundo momento as actividades incidiram na pesquisa ligada ao contexto régio subjacente ao objecto. Posteriormente foram investigadas as ligações régias internacionais, compiladas as informações e retomadas algumas das linhas de investigação para conclusão dos trabalhos.

A pesquisa documental desenvolveu-se conforme esperado, porém a escassa bibliografia científica existente não conseguiu potenciar, com os seus resultados, o conhecimento histórico, artístico e tecnológico. Contudo os resultados foram esclarecedores quanto à informação existente sobre o conjunto tumular quer a nível nacional como internacional.

No âmbito deste eixo foram efectuadas 18 missões, 10 nacionais (Braga, Guimarães, Coimbra, Porto, Vila do Conde e Batalha) e 8 internacionais (Bélgica, França, Reino Unido, e Estados Unidos da América).


Vista geral do Túmulo de D. AfonsoBaldaquino

Pormenor das placas da arcaVista geral do jacente