Adaptação. Prato em cerâmica branca decorada com motivos retirados de um painel de lambrilhas com temas populares.
Estes painéis foram executados para revestimento do Pavilhão de Portugal na Exposição Internacional de Paris, em 1937. Caracterizam-se pela sua decoração de figura avulsa, divulgando os valores de uma cultura popular através de motivos diferentes representando varinas, camponeses, noivos, barcos, corações, temas esses cuja associação era aleatória.
Os projectos desses azulejos foram desenhados por importantes autores do modernismo português como Carlos Botelho, Paolo Ferreira, Tom e Bernardo Marques, entre outros,