Kit jpovens IMCKit de Recolha de Património Imaterial (.pdf, 1.02 MB) 

O Kit de Recolha de Património Imaterial foi concebido como instrumento destinado a promover a valorização do PCI por parte dos jovens, assim como a promover a iniciativa e/ou participação destes em acções de salvaguarda do património da respectiva comunidade.

Para além das Fichas para registo de manifestações de PCI (Saberes e Ofícios Tradicionais; Tradições Festivas; Tradições Orais), o Kit integra igualmente Fichas para registo de património material. Pretende-se assim sensibilizar os jovens para a necessidade da abordagem integrada do Património Imaterial e do Património Material, tal como preconizado pela UNESCO e como sublinhado pela legislação nacional para o sector do PCI.

O Kit é passível de utilização quer em contexto escolar, em particular nos 2.º e 3.º ciclos de escolaridade, quer em actividades formativas e pedagógicas promovidas por outras entidades, nomeadamente os Museus, através dos respectivos Serviços Educativos.

O Kit destina-se a ser utilizado igualmente como instrumento para a promoção do diálogo intercultural, nomeadamente em contexto escolar ou museológico. Tal como expresso nas instruções das Fichas, o Kit sensibiliza os jovens para o facto de, tal como expresso na legislação nacional, serem consideradas como Património Imaterial não apenas as tradições inscritas no tempo longo da cultura popular portuguesa, mas também as tradições das comunidades de origem não portuguesa radicadas em Portugal, que constituem importante factor da sua identidade.

O Kit foi concebido sobretudo para aplicação a nível local, promovendo a interacção dos jovens com os elementos da comunidade (aldeia, freguesia, bairro, etc.), assim como o conhecimento aprofundado e a valorização do seu Património Imaterial.

Referências:

Autor: Paulo Ferreira da Costa.
N.º de pág.: 90.
Edição: Instituto dos Museus e da Conservação, 2009.
ISBN: 978-972-776-433-4.



Capa - Bibliografia Analítica de Etnografia PortuguesaBibliografia Analítica de Etnografia Portuguesa (.pdf, 3.15 MB)
A Bibliografia Analítica de Etnografia Portuguesa, da autoria de Benjamim Pereira, constitui simultaneamente uma obra de referência na Antropologia Portuguesa e um recurso técnico e científico de fundamental importância para a identificação e a documentação do Património Cultural Imaterial em Portugal.

Encontrando-se esgotada a sua edição original (1965), a sua amplitude – temática, geográfica e temporal – impunha desde há muito a reedição desta obra, bem como a sua ampla e livre disponibilização às muitas entidades empenhadas na salvaguarda do Património Cultural Imaterial.

Composta como fac-simile da edição original, a presente edição electrónica, coordenada e executada pelo DPI, conta com Prefácio de João Leal (Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – Universidade Nova de Lisboa), no qual dá conta da importância que a Bibliografia Analítica tem assumido para sucessivas gerações de estudiosos do Património Cultural Imaterial em Portugal. 

Referências:

Autor: Benjamim Pereira.
Prefácio: João Leal.
N.º de pág.: 696 [8+XVI+672].
Edição: Instituto dos Museus e da Conservação, 2009.
ISBN: 978-972-776-401-3.



Roteiro Bibliográfico de Etnografia da Região do OesteRoteiro Bibliográfico de Etnografia da Região do Oeste (.pdf, 2.56 MB)

O Roteiro Bibliográfico de Etnografia da Região do Oeste, da autoria de Branca Rolão Moriés, constitui um importante instrumento para a identificação e a documentação do Património Cultural Imaterial no conjunto de municípios originalmente integrados na região do Oeste: Alcobaça, Alenquer, Arruda dos Vinhos, Azambuja, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Lourinhã, Nazaré, Óbidos, Peniche, Rio Maior, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras.

Integrando-se numa linha editorial do IMC vocacionada para ampla divulgação de obras dedicadas à sistematização do conhecimento do Património Imaterial em Portugal, e seguindo a metodologia da Bibliografia Analítica de Etnografia Portuguesa com que esta mesma linha editorial foi inaugurada, o presente Roteiro assume uma importância particular não apenas por se tratar de um levantamento documental de âmbito supramunicipal, mas também pelo carácter exemplar que assume enquanto metodologia de desejável replicação para regiões de âmbito congénere pelo que a sua amplitude de olhar permite revelar de afinidades e de especificidades.

Conscientes da importância deste trabalho, o Instituto dos Museus e da Conservação e a Comunidade Intermunicipal do Oeste concretizam assim a presente edição electrónica, na certeza de que o amplo e livre acesso ao Roteiro Bibliográfico de Etnografia da Região do Oeste colherá o interesse dos muitos implicados na salvaguarda do Património Cultural Imaterial da região do Oeste.

Referências:

Autor: Branca Rolão Moriés
N.º de pág.: 308 [XII+296]
Edição: Comunidade Intermunicipal do Oeste / Instituto dos Museus e da Conservação, 2010
ISBN Electrónico n.º: 978-972-776-402-0