Imagem esculpida em pedra de Ançã, policromada, é atribuída à oficina de Mestre Pêro, com datação provável do século XIV. O estudo e conservação desta obra, que se encontra em estado de degradação avançado, desdobram-se no estudo científico e técnico da obra, no diagnóstico e na definição e aplicação das metodologias de intervenção.

Nota biográfica da bolseira
Maria Inês Gomes é licenciada em Conservação e Restauro pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (2007) e Mestre em Conservação e Restauro com especialização na área de pedra, pela mesma Faculdade (2008).

Realizou o estágio curricular com parceria entre o seu estabelecimento de ensino e o Instituto de Recursos Naturales y Agrobiología de Sevilla do Consejo Superior de Investigaciones Cientificas, onde desenvolveu o estudo do crescimento de um biofilme fotossintético em materiais pétreos utilizados em edifícios históricos.

Entre 2009 e 2010 participou em trabalhos de recuperação de património imóvel.