19 de Abril de 2014
Utilize as teclas de atalho Alt+2 para navegar para a área de pesquisa do sítio web.
Utilize as teclas de atalho Alt+1 para navegar para a área de conteúdos do sítio web.

Lisboa

Lista de Conteúdos

  • Edifício Casa-Museu Anastácio Gonçalves

    A Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves é um espaço museológico da cidade de Lisboa onde se lembra o coleccionador Anastácio Gonçalves. A colecção reunida pelo Dr. Anastácio Gonçalves compreende cerca de 2.000 obras de arte que se distribuem por três grandes núcleos: pintura portuguesa dos séculos XIX e XX, porcelana chinesa e mobiliário português e estrangeiro. Existem ainda importantes secções de ourivesaria civil, pintura europeia, escultura portuguesa, cerâmica europeia e oriental, têxteis, numismática, medalhística, vidros e relógios de bolso de fabrico suíço e francês. Para além das obras reunidas pelo coleccionador, a Casa-Museu encerra ainda um núcleo de pintura contemporânea portuguesa e um número significativo de objectos pertencentes ao espólio do pintor Silva Porto.

    Como chegar...
  • Museu Arqueológico do Carmo (aspecto geral da área descoberta) Museu Arqueológico do Carmo (aspecto geral da área descoberta)

    As colecções do Museu Arqueológico do Carmo caracterizam-se pelo seu ecletismo. Predominam as colecções de escultura em pedra, numa cronologia que se estende da época romana ao século XIX, (escultura funerária, devocional, pedras de armas, decorativa, epigráfica, etc.). Têm ainda especial relevo as colecções de artefactos da Pré- e Proto-História; cerâmicas e estatuetas Pré-Colombianas, bem como duas múmias peruanas; azulejaria hispano-árabe e barroca. Em reserva, e ainda sem possibilidade de integrarem a colecção permanente, uma importante colecção de faianças e porcelanas portuguesas e francesas, bem como estudos em gesso de escultura e epigrafia.
  • Edifício do Museu Calouste Gulbenkian Edifício do Museu Calouste Gulbenkian

    Arte Egípcia, Greco-Romana, da Mesopotâmia, do Oriente Islâmico, da Arménia, do Extremo Oriente, Pintura Europeia, Escultura Europeia, Artes Decorativas Europeias, Arte do Livro Europeu e Obras de René Lalique.
  • Mãe D´Água das Amoreiras (interior) Mãe D´Água das Amoreiras (interior)

    O acervo do Museu é constituído por um conjunto de peças provenientes do serviço do abastecimento de água – ferramentas, canalizações, contadores, aparelhos, instrumentos vários – que documentam a actividade da Empresa, e a que se juntaram fotografias e documentos. Na colecção destacam-se as máquinas a vapor e as bombas que estão na Estação Elevatória a Vapor dos Barbadinhos, o seu Núcleo-Sede. Integram também a colecção objectos de pintura, escultura, fotografia e tapeçaria.
  • Museu da Carris Museu da Carris

    Integrado numa empresa de transportes públicos, o acervo do Museu da Carris identifica-se com os aspectos fundamentais da história dos transportes públicos na cidade de Lisboa, desde finais do 3.º quartel do século XIX até à actualidade. Deste modo, as suas colecções abarcam uma grande diversidade de objectos e documentos que testemunham o desenvolvimento dos transportes públicos colectivos, na sua evolução e no contributo prestado à cidade de Lisboa pela Carris. Na sua colecção encontram-se veículos representativos da evolução dos transportes, bem como diversos artefactos que complementam a informação histórica da empresa. O seu acervo está agrupado em duas áreas distintas: uma área documental e uma área de objectos. Na área documental estão incluídas colecções de plantas e desenhos técnicos, fotografias, títulos de transporte e variada documentação avulsa. Quanto à área dos objectos, fazem parte colecções de uniformes, equipamentos administrativos e oficinais e viaturas de transporte de passageiros (tracção animal, eléctricos e autocarros).
  • Fachada do Museu - Jardim das Amoreiras Fachada do Museu - Jardim das Amoreiras

    O acervo do museu é constituído por um núcleo de cerca de 3200 obras, integrando pintura, desenho e gravura de Maria Helena Vieira da Silva e de Arpad Szenes, datados entre 1910 e 1992. A colecção inclui ainda 160 obras de artistas portugueses e estrangeiros, oriundos da colecção privada do casal Szenes. Da colecção do museu fazem ainda parte 600 fotografias e um fundo epistelográfico de aproximadamente 4000 itens, proveniente do arquivo pessoal dos artistas ou de doações de privados ou instituições ao museu.


  • Edifício da Fundação e do Museu das Comunicações Edifício da Fundação e do Museu das Comunicações

    O acervo confiado à Fundação Portuguesa das Comunicações, da propriedade dos seus instituidores (CTT, PT e ANACOM), é constituído por peças que testemunham a evolução dos equipamentos, das técnicas e dos sistemas utilizados no sector das comunicações ao longo dos séculos. Desde o primeiro selo português até à actualidade, passando pela Mala-Posta, cujo exemplar mais antigo data de 1854, a equipamentos de Telecomunicações com origem em 1810, a Fundação possui ainda obras de arte e uma vasta colecção de originais de selos e bilhetes-postais, bem como a colecção de Selos Portugueses, cujo primeiro exemplar remonta a 1853, e o espólio filatélico do antigo Ultramar.
  • Laboratorio Chimico Laboratorio Chimico

    O Museu é dedicado às ciências fundamentais, cujas exibições têm uma natureza mista, apresentando simultaneamente módulos com um carácter histórico/contemplativo e outros com carácter participativo. Assim, as colecções do Museu contêm peças científicas de valor histórico-documental (das quais a mais antiga é do século XVII) e equipamento laboratorial moderno destinado a ser manuseado pelo visitante.
  • Edifício do Museu de São Roque Edifício do Museu de São Roque

    O acervo do Museu de São Roque integra colecções de pintura, escultura, ourivesaria, iluminura, têxteis, relicários e frontais de altar do séc. XVI ao séc. XIX.
    Integra igualmente o seu acervo o Tesouro da Capela de S. João Baptista, composto por peças de uso litúrgico, das quais se destaca a ourivesaria e paramentaria, executada por artistas italianos na primeira metade do séc. XVIII, em Roma.
  • Edifício do Museu do Chiado - Museu Nac. de Arte Contemporânea

    Coleção de Arte Contemporânea Portuguesa de 1850 à atualidade (pintura, escultura, desenho, vídeo, fotografia, instalação).

    Como chegar...
  • Recomende este sítio web

Serviços do Site

Rodapé